Mais uma decisão...

 

Durante dois anos, diz a Yelena, ganhou muito dinheiro mas que, mais uma vez, o Fidel Castro lhe acabou com a possibilidade de o ganhar trabalhando arduamente. Aqui, com graça, diz que mais uma vez lhe apeteceu”cortar-lhe a cabeça”! Isto aconteceu porque o governo de Cuba decidiu liberalizar as comunicações telefónicas com os EUA e assim os seus serviços deixaram de ser necessários, portanto o seu negócio acabou!

 

 Com o dinheiro que juntou tomou novas decisões: tirar de Cuba a mãe, o marido desta e os dois meios irmãos já então jovens adultos  (não sei até agora pormenores dessa saída) e ir tirar um curso que lhe pudesse garantir um ordenado, como ambicionava. Para isso havia que decidir-se por sair de St John … assim chegou a Montreal.

 

Montreal é Quebec e, no Quebec não tens emprego se não falares francês e portanto há que aprende-lo… felizmente os cursos de francês para imigrantes eram gratuitos, isto como meio de fomentar a francofonia e assim a Yelena venceu mais uma barreira! Segue-se a escolha de um curso e mais uma vez ela toma uma decisão pensada! Disse-me ela: “sempre pensei que não seria uma profissão agradável passar os dias a olhar para dentro da boca dos clientes, mas também sabia que aí eu teria garantia de emprego!” Portanto nada de hesitar e mais três anos na Universidade de Montreal (aqui há muito que a generalidade dos cursos universitários só têm três anos), diploma na mão e emprego assegurado. Trabalha durante vários anos mas verifica que ainda precisa de mais alguma coisa…falar inglês correctamente.

 

Realmente "este" Quebec tem este paradoxo, se não sabes falar francês não arranjas emprego mas por sua vez só tens um emprego bem remunerado se falares inglês!! Assim decide fazer uma pausa de seis meses no trabalho e  fazer um curso intensivo de língua inglesa... e foi aí, no Colégio Platon e nas aulas do Siamak que eu a encontrei!

 

Garanto a todos os que me lêem que foi um privilégio ter conhecido a Yelena e embora dentro de dois meses o meu regresso a Portugal seja um facto, tenho a certeza que esta amizade que fiz perdurará…

tags:
publicado por naterradosplatanos às 16:48 | link do post | comentar