Não havia estudantes em Harvard e o MIT estava deserto...

 

      

    Hoje comemorava-se a chegada de Colombo à América* e por isso era feriado e como tal o campus de Harvard não tinha alunos, mas sim uma pequena multidão de turistas atravessando os relvados e deambulando entre os diversos edifícios. As ruas do MIT estavam desertas e tirando algum carro que passava não se via viva alma.

É interessante visitar estes sítios, Harvard tem um ar romântico, os edifícios são todos em tijolo vermelho e de traça antiga, ao contrário do MIT que de certos ângulos parece um parque industrial já com uns anos em cima, de outros ângulos apercebemo-nos dos edifícios mais modernos...

 

 Pensar que grandes cérebros por alí passaram, que lá consumiram horas sem fim e que muito desse esforço resultou em benifícios para a humanidade, é emocionante! Quantos prémios Nobel percorreram aqueles corredores, quantos, mesmo não sendo premiados contribuiram para que outros o fossem e tudo a custa de muito trabalho. E nós "ingratos" usufruimos de todos esses benifícios sem nunca pararmos para pensar naqueles que genéricamente contribuiram para o nosso bem estar! Lá, eu lembrei-me mas amanhã... amanhã também talvez  já tenha  esquecido!

 

* Os defensores dos Indios continuam a acha-lo responsável pela sua sorte... e reza assim o panfleto: Procura-se Cristovão Colombo,  grande ladrão, genocida, racista, destruidor da cultura indigena, e instigador da grande mentira. 500 ANOS DE TURISMO

 

 

Harvard  University

 

 

 

 

 

MIT

 

 

 

 

 

 

 

 

 

      

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

                                   

tags: ,
publicado por naterradosplatanos às 00:12 | link do post | comentar