Avenue Joly

 

 

 

Imaginem (é só imaginação) que acabados de chegar ao aeroporto  tínhamos como destino a Av.Joly, metidos num táxi damos a direcção ao motorista, um pouco  mais de meia-hora depois o taxista deixa-nos aqui…

 

 

 

 

 Primeira reacção… não pode ser! O taxista enganou-se! Vamos conferir a tabuleta presa no candeeiro e lá está, Avenue Joly! Teria sido um susto se tivesse sido à noite!

Sim a dita Avenue Joly é um Beco!

 

Aqui (Montreal) os termos Rue, Avenue, Boulevard não têm nada a ver com as dimensões de largura, comprimento ou qualidade dos edifícios que nelas se alinham, tal como estamos habituados. Quando falamos em Boulevard, imediatamente imaginamos o boulevard francês, largo, ajardinado ao meio, árvores frondosas edifícios nobres, em suma elegante! Aqui nada disso, por exemplo, o Boulevard Saint Laurent, largo sim mas com árvores raquíticas, edifícios sem qualquer interesse por terem sido sucessivamente acrescentados e sem uniformidade, ocupada por pequeno comércio, desde a pequena mercearia, ao restaurante, á loja de fast-food ou às lojas chinesas... Aí passam milhares de pessoas que por sua vez  deixam o seu rasto de copos, pratos, cartuchos de papel, latas ou garrafas de plástico, o que faz dela uma rua suja… Exactamente paralela a ela e a três quarteirões está a Rua Saint Denis que é designada por rua não obstante ser igualzinha a esta!

 

Na realidade só conheço dois boulevards o outro é o René-Levesque e esse sim tem ar do verdadeiro Boulevard onde os vestutos edíficios dos boulevards franceses são substituídos por enormes e brilhantes arranha-céus!

 

 

 

  

Outra coisa interessante é que podemos encontrar ruas com o mesmo nome em áreas distintas da cidade, é o caso das 1ª, 2ª, 3º……12ª Avenues. Estas  avenues são estreitas ruas que aparecem em dois grupos em lugares diferentes, como disse, e só o uso rigoroso do código postal poderá tornar a distruibuição do correio satisfatória.

Porém imagino o desespero de alguém que vai às que se situam a norte e descobre que a que procura fica a quilómetros a sul! Outras há ainda, como  a Rue Hutchinson que começando aqui em frente ao Hotel, se interrompe no Parque para começar mais de um quilómetro além... o mesmo acontecendo com a Ave.Mont Royal que se interrompe num extenso baldio inultrapassável para se retomar talvez um quilómetro mais além. E isto descobri-o, não na planta da cidade mas num desses meus passeios em que, derrepente a rua deixou de existir, sem chegar ao destino que eu imaginava (o Jardim Botânico).Assim é numa cidade relativamente planeada desde o sé.XVIII !

 

Contudo o caso mais interessante é mesmo o da Avenue Joly, que como vêm de “joly” não tem nada!

publicado por naterradosplatanos às 00:10 | link do post | comentar