A sua obra é subtil e poética, diz a imprensa!

 

 

 

 

 

Pela experiência de muitos anos de férias noutros países, um ano em Itália e agora aqui, sei que raramente há notícias sobre Portugal e pensando no dizer dos ingleses, “ no news, good news” até era um bom prenuncio, isto é, tudo ia correndo…

Agora aqui e há umas semanas atrás verificaram-se as duas situações, más notícias inerentes à política/economia e uma boa e gratificante à cerca do nosso arquitecto Eduardo Souto Moura.

 

A notícia vinha em dois jornais, incluindo duas fotografias da sua obra em Portugal. Dizia o Globe and Mail: o arquitecto português E.S.M. foi agraciado com o maior prémio da arquitectura, o Pritzkert Arquitecture Prize, também designado por Nobel da Arquitectura, acrescentava. A notícia ocupava meia página do jornal e descrevia toda a sua obra, à qual não poupava elogios… a sua obra é subtil e poética, ele  é um arquitecto imbuído de  inteligência e seriedade que comunica emocionalmente com os que olham as suas obras (sic)…  

 

A segunda notícia vinha no 24Heures, jornal em língua francesa, onde se refere que tem mais de 60 grandes obras espalhadas pelo mundo, nomeando algumas. A notícia é ilustrada com a “Casa das Histórias” que em Cascais abriga uma colecção da Paula Rego.

 

 

 

 

É gratificante ouvir coisas destas quando, cá longe, chegam ecos de coisa menos boas!

publicado por naterradosplatanos às 00:09 | link do post | comentar