To get rid off...

 

 

Foi um acaso mas tomo-o com privilégio ter encontrado e poder  assistir às aulas do Siamak! Elas são sempre tão imaginativas e portanto tão motivadoras que é  sempre divertido! Além disso outra parte do privilégio é poder encontrar ali gente de todo o lado, sobre tudo de países longínquos nos quais só pensamos se veem, por qualquer motivo, nas notícias dos jornais.

A maioria dos alunos não ficam lá mais de 3 meses, que é a duração de um curso intensivo, e portanto de vez em quando tudo se renova e aí vem nova leva deles…eu permaneço!

Agora, além de mim que  já sou velha na turma, entrou o Roberto que é brasileiro e está nos 30 e tais, a Solin que é cambodjana, a Cindy do México, a Noriko do Japão, um Russo judeu, mais o Juan Diego do Panamá, a Jaqueline do México, a Nim da Tailândia, a Mitra dao Irão….e mais alguns mas é impossível decorar o nome de todos, além de que alguns  são, para mim, impronunciaveis.

 

A lição a que me refiro teve como ponto de partida o uso do  que se designa por phrasal verbs, neste caso o to get rid off, traduzindo: “correr com, ver-se livre de…” Tinhamos pois que usa-lo na nossa conversa, quer quando fazíamos perguntas a outro, quer quando respondíamos.

 

Divertidíssimo ver do que as pessoas se queriam livrar! A Jaqueline do México  queria-se livrar-se das “cucarachas” (baratas) que tem aqui na cozinha, então entra na conversa a Noriko do Japão que lhe explica como se faz lá na terra dela. Eu, não explico aqui o processo porque não é uma forma mt ortodoxa de o fazer!

 

Claro quando me confrontaram com  a pergunta eu só poderia dizer : I would like to get rid off the moles of my garden!  Não é que logo o Panamiano me deu a receita que afirma ser “tiro e queda”!!  Então explicou ele, depois de me perguntar se conhecia ALKA-SELTZER: esmaga uma muito bem esmagada, coloca o pó nuns rolinhos de fiambre que, por sua vez  coloca nos buracos, é remédio santo, afirma ele!  Thank you for the recipe  agradeci eu com a firme intenção de experimentar logo que as encontre no Areeiro!*

 

A aula continuou  divertida e não imaginam as coisas mais prosaicas que aquela gente queria to get rid off.

 

* Lena, desculpa lá mas já sabes qual é a minha posição em relação a essas criaturas que me dão cabo do meu relvado!

  

publicado por naterradosplatanos às 00:09 | link do post | comentar