Será que...

 

…como se diz que “Deus dá o frio conforme a roupa”? É muito capaz dado o número de sem-abrigo que, apesar das temperaturas terem estado sempre abaixo de -5 graus, ainda encontro por aí acocorados e às vezes até sentados num qualquer montão de neve à borda do passeio. Claro que cada um se proteje o melhor que pode e aos seus também…

Hoje, durante o meu passeio pela Rue St Catherine, deparei-me com um que  encostado à parede de uma loja estendia um copo à espera de quem nele deitasse uma moeda. Como sabem, eu não sou muito sensível a este tipo de pobreza (acho que a minha moeda não lhes modifica a vida) , muito menos aqui no Canadá. Um país rico, como é o caso, deveria tratar destes casos, digo tratar não no sentido lato de dar subsídio, porque isso dá (que maioria dos casos é encaminhado para a bebida), mas sim cuidar, no sentido de lhes dar um rumo…de os tirar desta condição degradante de estender a mão a quem passa. Mas continuando…hoje deitei uma moeda de 50 cêntimos no copo de um desgraçado mas, não desinteressadamente confesso pois em troca pedi-lhe para me deixar tirar uma fotografia ao seu fiel amigo. Exacto aquele era mesmo o seu fiel amigo e eu conto…depois de deixar a moeda no copo fiz o pedido e foi aceite…procurei o melhor ângulo e click, já está! Porém achei que devia mostrar a fotografia que tirei ao dono do fotografado e, nesse sentido inclinei-me sobre o homenzinho e mostrei-lha. Não é que o bicho se levanta e me rosna!? Não gostou da minha aproximação a quem o trata como vêm na fotografia.

Mas há os que os donos protegem de outra maneira, mais sofisticada, calçando-lhe umas botinhas para os poderem levar a passear! Esta foi tirada em Nova York no dia a seguir ao grande nevão e quando o sol reapareceu.

 

Mas será que a fidelidade será a mesma?

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 22:10 | link do post | comentar