Misérias num país que se julga ser o “el dourado”…

 Sábado de manhã, saímos para o meu primeiro passeio nas ruas nevadas de Montreal já que antes de irmos nunca tinha nevado. O branco só estava onde ainda a neve não tinha sido tocada pois o resto estava coberto por uma papa castanha resultado da neve pisada juntamente com uma espécie de sal que aqui se usa para a “dissolver”.

Porém o assunto do meu post não é este mas sim o que apreciei já a caminho de casa em plena Place des Arts. O aparato era inusitado para o que se seguiu e comportava um carro da Polícia, um carro de Bombeiros (!!) e uma Ambulância…

 Encostado à parede da estação do Metro estava um homem… a polícia e dois elementos  da Ambulância transportavam uma maca sobre rodas e dirigiam-se a um desgraçado que sem resistência se deixou apertar sobre a ela. Entretanto o carro de Bombeiros que se deve ter achado deslocado naquela cena arranca, os elementos da emergência metem o “nativo” na ambulância que parte, já depois da Polícia ter desaparecido!

Há quanto tempo o desgraçado lá estaria? Teria lá passado a noite? Quem ligou o 911 e o que teria dito já que o carro dos Bombeiros também lá estava?! Perguntas que se me põem e que me fazem meditar de quão enganados andamos uns relativamente aos outros!

 Acho que a maior parte dos europeus se sentiu enganada quando verificou que o” paraíso” que seria a antiga URSS se constatou ser uma mentira, mas também acho que outros estão um pouco fora de algumas das realidades deste país a que aqui me refiro como Terra dos Plátanos.

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 23:51 | link do post | comentar