Lembram-se das macieiras (maçãs) de antigamente?

 

 

 

      

A maior parte dos que me lê com certeza que se lembra, os mais novos talvez não porque já são do tempo das maçãs standardizadas: todas amarelas, ou todas verdes, ou ainda todas vermelhas e ultimamente riscadas.

 

 Para aqueles que viram uma macieira por esta altura do ano, carregadinha de maçãs de todos os tamanhos e feitios verá que a comparação que faço tem todo o sentido.

 As maçãs começavam aos poucos a ficar rosadas do lado em que lhes batia o sol e a mancha que começava pequena ia-se alargando e tornando mais vermelha…

 

Mas mesmo que não pareça, o post de hoje não é para falar nem de maçãs nem de macieiras mas sim para lhes mostrar o deslumbramento que senti quando ontem, caminhando lentamente me embrenhei  pelos caminhos do Parc Mont Royal!

Aos poucos a natureza decidiu mudar de cor, repito aos poucos, porque o verde ainda domina a paisagem e daí a surpresa quando olhamos e vemos que, tal como as macieiras, os áceres se 

começam a pintar de vermelho! 

 

 Lá muito no alto e rodeado de verde aparece um cacho de folhas verdadeiramente fulgurante, mais além uma árvore em que só as pontas dos ramos se pintaram ainda! Vista de longe parece florida com flores alaranjadas em cachos ou carregada de frutos, a reflectir-se no lago...

 

Absolutamente maravilhoso!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por naterradosplatanos às 00:05 | link do post | comentar