Absolutly forbiden

 

Exacto, é absolutamente proibido tirar fotografias na fronteira dos EUA e por isso hoje, com grande pena minha, não posso documentar o que digo! Sim, seria insano eu ir contra esta proibição pois se me apanhassem certamente que não me confiscariam apenas a minha click-clack!

 

Como escrevi no post de ontem resolvemos ir logo ali, à América! Apenas  50km até à fronteira o que, em termos destes sítios o logo ali é justificável.

 

 Em letras enormes lia-se por cima de uma dezena de cabines: UNITED STATES OF AMERICA. Antes e depois das cabines, câmaras de todas as espécies e feitios, lá dentro, aquilo que em português se designam por latagões!  Aproximamo-nos e logo somos informados que a janela do nosso carro devia ficar exactamente em frente da janela da cabine. Estendemos os passaportes, o latagão abre-os e folheia-os para a frente e para trás. Não obstante termos lá apensa a nossa licença para residirmos no Canadá ele quer vê-lo confirmado a viva voz. O que faz  em Montreal… qual a sua profissão...como se chama a empresa onde trabalha… o que produz, (saberá ele o que será um polímero?) Perguntou ainda se levava-mos food , alcohol, any goods? Não contente com as nossas respostas reteve os nossos passaportes e mandou-nos para uma second revue o que significou estacionarmos o carro, entregar as chaves do mesmo a um outro latagão (armado com duas pistolas, algemas e inter-comunicador) e irmos para uma bicha esperar que nos chamassem.

 

Um quarto de hora depois ouvimos qualquer coisa parecida com Macedo e lá fomos nós a novo guiché para mais um rol de perguntas: onde íamos ficar, quando voltávamos… we are going only for the weekend … mais um impresso para preencher, depois … as impressões digitais (colhidas electronicamente) e a fotografia tirada! Vá, agora vão ali à caixa e paguem 12 dólares! Cumprida a obrigação devolvem-nos os passaportes e um papelinho que dizia CLEARED para entregarmos a quem nos confiscou o carro e a chave. Não vi, mas quero crer que nos abriram a bagageira, senão para quereriam eles ficar com as chaves?

 

E foi isto o interessante do dia de ontem pois Plattsburg é apenas uma cidadezinha americana à beira do lago Champlain.

publicado por naterradosplatanos às 18:06 | link do post | comentar